Featured Articles
All Stories

segunda-feira, 24 de julho de 2017

SÉRIE D: SANTOS ARRANCA EMPATE EM SÃO LUÍS CONTRA O MAC E ABRE VANTAGEM PARA DECISÃO NO AMAPÁ

ESPORTE / CAMPEONATO BRASILEIRO SÉRIE D

Com o resultado, o Maranhão tem que vencer ou empatar com um placar a partir de 3 a 3 para conseguir a classificação para as quartas de final

Por: Globoesporte.com / São Luís, MA

O empate, por 2 a 2, fora de casa, foi um excelente negócio para o Santos, que jogou fora de casa, contra o Maranhão, a primeira partida das oitavas de final do Campeonato Brasileiro Série D, neste domingo, no Castelão, em São Luís. A decisão será no próximo domingo, no Estádio Zerão, em Macapá-AP, às 17h (de Brasília).

Naôh foi o autor dos dois gols do Maranhão no Castelão (Foto: Lucas Almeida / L17 Comunicação)

Os gols do Maranhão foram marcados por Naôh. O primeiro foi logo aos dois minutos de jogo e o segundo aos 41. Ambos em cobrança de pênalti. O Santos fez aos 19 minutos do primeiro tempo, com Rafinha em um chute de longa distância, e aos 27 do segundo tempo com Balão Marabá, em cobrança de falta.

Com o resultado, o Maranhão tem que vencer ou empatar com um placar a partir de 3 a 3 para conseguir a classificação para as quartas de final. O Santos também se classifica com uma vitória, mas pode empatar por 0 a 0 ou 1 a 1. Se o empate por 2 a 2 se repetir, a decisão vai para os pênaltis.


·   0

SÉRIE C: EM JOGO DE TIMES DO G-4, CSA E SAMPAIO FICAM NO EMPATE NO REI PELÉ

ESPORTE / CAMPEONATO BRASILEIRO SÉRIE C

Com o resultado, o CSA se mantem na liderança com 20 pontos e o Sampaio também manteve sua posição, terceiro, com 16 pontos

Por: Globoesporte.com / Maceió, AL

 CSA e Sampaio fizeram um jogo igual e saíram de campo com um placar que comprovou isso. Partida ficou no 1 a 1, no Rei Pelé, na tarde deste domingo, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro. O CSA continua líder isolado, mas por ter sido o terceiro empate em casa, sendo o segundo em casa, a torcida vaiou o time na saída de campo. O Sampaio voltou pra casa satisfeito por pontuado fora de casa e continua no G-4.


Os gols foram marcados no segundo tempo. O CSA marcou aos dez minutos com Daniel Costa em cobrança de falta. Em lance parecido, aos 30 minutos, o Sampaio empatou com cobrança de falta de Hiltinho e cabeçada de Isaac.

Com o resultado, o CSA se manteve na liderança com 20 pontos e o Sampaio também manteve sua posição, terceiro, com 16 pontos.

Na próxima rodada, o CSA joga mais uma em casa, contra o Botafogo-PB, às 16h de domingo. O Sampaio joga 16h de sábado, no Castelão, contra o ASA.

Primeiro tempo

O Sampaio foi quem tomou a iniciativa e por duas vezes quase abriu o placar antes dos dez minutos de jogo. Aos seis minutos, Mota defendeu o chute de Isaac, e aos oito minutos foi Marlon quem chegou perto do gol, mas zagueiro Thales tirou em cima da linha.

Sampaio foi melhor no primeiro tempo (Foto: Ailton Cruz/Gazeta de Alagoas)
O CSA foi responder à pressão do Sampaio aos 11 minutos, quando Edinho finalizou, mas Alex Alves saiu bem e defendeu a bola. A partida seguiu com forte marcação de ambos os lados e com chances divididas.

Aos 33 minutos, mais uma jogada interessante do Sampaio pela esquerda. Felipe Marques recebeu lançamento, tirou a marcação e chutou forte, mas Mota defendeu.

O CSA tinha dificuldades para criar, pois o Sampaio dominou o meio-campo no primeiro tempo. A equipe de Alagoas buscava ligações diretas da defesa para o ataque e facilitava o desarme dos zagueiros do Sampaio. O lado mais explorado pelo Sampaio foi o esquerdo do ataque.

O Sampaio chegou mais uma vez aos 41, com o velocista Felipe Marques. Ele foi derrubado por Jorge Fellipe na entrada da área. Na cobrança da falta, Pedro botou para fora.

Segundo tempo

CSA voltou com ritmo mais forte no segundo tempo e aos dez minutos, Daniel Costa cobrou falta e marcou o primeiro gol da partida. Daniel não esteve em campo no primeiro tempo. Entrou no lugar de Michel Schmöller na virada para a segunda parte do jogo.

Segundo tempo, CSA equilibrou o jogo (Foto: Ailton Cruz/Gazeta de Alagoas)
Diferentemente do primeiro tempo, o CSA não foi mais envolvido pelo Sampaio. Conseguiu equilibrar as ações e passou até a trocar passes com mais tranquilidade.

Aos 18 minutos, Hiltinho pegou a bola em velocidade pelo meio e chutou a bola buscando a lado direito do goleiro Mota, que fez um defesa fundamental para manter a vantagem do time da casa.

Aos 24 minutos, o treinador Francisco Diá foi expulso. Mais uma expulsão do comandante do Sampaio neste campeonato.

O Sampaio empatou aos 30 minutos em cobrança de falta. Hiltinho fez o levantamento e Isaac acerta de cabeça. O goleiro Mota ainda pegou a bola, mas a testada do camisa 9 do Sampaio foi forte e venceu o camisa 1 do CSA.

O Sampaio quase conseguiu a virada, aos 41 minutos quando a defesa do CSA não conseguiu afastar a bola. Felipe Marques deixou um defensor no chão, mas no chute a bola bateu em Thales. Tudo isso praticamente na pequena área.


·   0

sábado, 22 de julho de 2017

SÉRIE C: DECEPCIONOU! SALGUEIRO VENCE O MOTO, EMPLACA TRÊS VITORIAS SEGUIDAS E CHEGA AO G-4

ESPORTE / CAMPEONATO BRASILEIRO SÉRIE C

Carcará espera finalização da rodada para consolidar posição, enquanto o Rubro-negro corre risco de voltar ao Z-2

Por: Globoespote.com / São Luís, MA

O Carcará do Sertão consolidou a boa fase no Campeonato Brasileiro da Série C. Jogando contra o Moto Club, que também vinha embalado a duas rodadas, em pleno Castelão, neste domingo, o Salgueiro venceu os rubro-negros por 2 a 0 e chegou no G-4 do tão disputado do Grupo A da competição.

Salgueiro venceu o Moto Club, em pleno Castelão, por 2 a 0 (Foto: Lucas Almeida / L17 Comunicação)
Os gols saíram apenas no segundo tempo. O primeiro foi marcado por Álvaro, aos 14, e o último, três minutos depois com Daniel. O público pagante do jogo foi de 2.488 pessoas, que renderam R$ 58.700,00. No total, 3.189 torcedores estiveram no Castelão.

Com a vitória, o Salgueiro chegou aos 14 pontos a assumiu uma vaga no G-4. Na quarta colocação, o Carcará aguarda os resultados finais da rodada para consolidar sua posição na zona de classificação. O Moto Club permanece com seus onze pontos e corre o risco de terminar a rodada no Z-2 da competição.

O próximo jogo do Moto Club será diante do Confiança, na segunda-feira da semana que vem (31), no Batistão, às 20h30. O Salgueiro também jogará longe de seu torcedor. O Carcará visita o Fortaleza, no próximo sábado, às 17h, no Presidente Vargas.

O Jogo

Mandante, o Moto Club tomou a iniciativa no começo do primeiro tempo. Apostando nas jogadas pelas extremidades, o Rubro-negro buscava furar o bloqueio do Salgueiro, que entrou em campo fazendo uma marcação em linhas baixas.

As principais jogadas do Moto se concentravam pelo lado direito com os avanços do lateral, Tote. Apostando nas falhas de cobertura dos donos da casa, o Salgueiro apostava justamente nos contra-ataques pelo lado esquerdo, justamente nas costas de Tote.

Com o passar do tempo, o jogo teve uma panorama se repetindo. O Moto com domínio, posse de bola, mas sem conseguir ser efetivo. O Salgueiro tinha contra-ataques interessantes sempre pela esquerda, mas não era letal e perdia as oportunidades.

Primeiro tempo foi de pouco brilho e terminou 0 a 0 (Foto: Lucas Almeida / L17 Comunicação)
As chances para os dois times seguiram sendo esporádicas durante todo o primeiro tempo. Assim, como o pouco brilho na criação e falta de pontaria quando as oportunidades finalmente surgiam, as equipes foram para o intervalo com o placar de 0 a 0.

Veio o segundo tempo e com eles os times ganharam mais espaços. O Salgueiro acreditou que podia sair para o jogo, passou a marcar em linha média e resolveu ser mais ofensivo. Com isso, o Moto tinha mais possibilidades de criação, mas, mesmo com mais liberdade, não aproveitava e seguia sem efetividade.

O Salgueiro foi gostando do jogo e ia cada vez mais sendo mais perigoso. Até que aos 14 minutos, da etapa final, em contra-ataque, o Carcará teve uma transição ofensiva rápida, trocou passes e Álvaro mandou um chute forte e abriu o placar no Castelão.

Vitória do Salgueiro veio no segundo tempo (Foto: Lucas Almeida / L17 Comunicação)
Três minutos depois, para não correr mais riscos, o Salgueiro tratou de ampliar o placar. Daniel mandou chute de longa distância e o goleiro Márcio Arantes aceitou, 2 a 0.

Na sequência, Marcinho fez mudanças ofensivas, mas que não causaram efeito. O Salgueiro voltou a sua postura do primeiro tempo, com linhas recuadas e apostas na velocidade de sua transição ofensiva.

Ao fim do jogo, o Moto foi se desesperando, fazia muitos lançamentos direitos e chute de fora sem direção ajustada. Melhor para o Salgueiro que cozinhou o jogou até o apito final e conseguiu a terceira vitória consecutiva, 3 a 0.


·   0

quinta-feira, 20 de julho de 2017

BRASILEIRO FUT 7: MOTO CLUB VAI PARTICIPAR DO BRASILEIRO FUT 7 ETAPA NORDESTE



ESPORTE / NOTÍCIAS – MOTO CLUB – BRASILEIRO FUT 7

O Rubro negro formou parceria com o Audax F7 para disputar a competição

SITE OFICIAL MOTO CLUB

O Moto Club de São Luís prepara-se para a estreia no campeonato brasileiro de FUT7 etapa nordeste. O Rubro Negro da Fabril formou parceria com a equipe Audax F7 para a disputa da competição. A equipe do Audax tem muita tradição nesse tipo de torneio e foi campeã paulista invicto em 2016, como um time que sofreu apenas 3 derrotas no ano citado.
 
Foto Arquivo

O Fut7 é um esporte coletivo disputado entre dois times de 7 jogadores e mediado por dois árbitros que se ocupam da correta aplicação das normas. A equipe que marca mais gols ao término da partida é a vencedora. A principal competição internacional de Futebol 7 é o Mundialito de Seleções realizado anualmente.



O Gestor do Audax, Felipe Alves, comentou sobre a satisfação de poder trabalhar em conjunto com a equipe do Papão.

“O Moto é um clube grande que sempre pensa no melhor aos seus torcedores e, através, de seu presidente, Célio Sergio, resolvemos montar essa agradável parceria onde temos certeza que renderá grandes frutos pra duas equipes, pois estamos empenhados em buscar resultados satisfatórios a todos que confiam em nosso trabalho".
 
Foto Arquivo
A Primeira fase da competição será disputada em Salvador na Bahia, e será montada por dois grupos, de modo que cada um contará com 4 equipes. Os dois melhores times de cada chave seguem para a semifinal que será disputada também na Bahia, os 2 finalistas viajam para São Paulo onde as quartas de finais da etapa nacional serão disputadas.

Acompanhe na tabela abaixo os jogos do Moto Club/Audax.
Moto Club/Audax x Fortaleza - 21/07 - (10h00)
Sport x Moto Club/Audax - 22/07 - (11h00)
Náutico x Moto Club/Audax (09h30) - 23/07 – (09h30)

Com os últimos preparativos para o início da competição à todo vapor, Felipe Alves comentou o que a torcida pode esperar da fusão Moto Club/Audax.
 
Foto Arquivo
“A torcida pode aguardar uma equipe muito aguerrida e que não veio só para marcar presença no campeonato. Nosso projeto tem como objetivo ser Campeão Brasileiro de F7. Nós esperamos contar com a força da torcida, nos apoiando, mesmo que de longe, com mensagens de apoio e vibracões positivas.”

·   0

segunda-feira, 17 de julho de 2017

SÉRIE D: MARANHÃO ARRANCA EMPATE SOBRE O RIO BRANCO-AC FORA DE CASA E AVANÇA NA SÉRIE D

ESPORTE / CAMPEONATO BRASILEIRO SÉRIE D

Estrelão chegou a sair na frente com Sandro, mas, Naôh, de pênalti, empatou o duelo

Por: Globoesporte.com / Rio Branco-AC

Em jogo válido pela segunda fase do Campeonato Brasileiro da Série D, Rio Branco-AC e Maranhão se enfrentaram na noite deste domingo, no Florestão, em duelo eliminatório. Os acreanos chegaram a abrir o placar, mas sofreram o empate e a partida terminou no 1 a 1. Por ter vencido em casa por 2 a 0, os atleticanos avançaram para o próximo mata-mata da competição.

O Estrelão abriu o placar ainda no fim do primeiro tempo. Em um chute de longa distância, aos 45, Sandro marcou para os donos da casa. Na segunda etapa, de pênalti, Naôh, aos 30 minutos, empatou o jogo.

Público pagante no Florestão foi de 684 torcedores (Foto: João Paulo Maia)
O Maranhão irá enfrentar o Santos-AP na próxima fase do Brasileiro da Série D. Por melhor campanha na classificação geral da competição, o Santos-AP fará o duelo de volta em casa. As partidas acontecerão nos próximos dois fins de semana. A divulgação oficial das datas deverá acontecer nesta segunda-feira.

Avançando sobre o Santos-AP, o Maranhão ficaria apenas um mata-mata para chegar à Série C. Na fase decisiva os confrontos serão definidos de acordo com a campanha geral de cada time. Os oito times classificados se enfrentarão em cruzamento olímpico. Os quatro semifinalistas já estarão automaticamente na divisão nacional superior.

O jogo

Os primeiros movimentos de jogo foram de muita pressão do Rio Branco-AC. O Estrelão criou boas oportunidades, formou uma blitz para do MAC com direito inclusive a bola na trave. Porém, os atleticanos suportaram bem e souberam suportar a força inicial da equipe acreano.

Aos poucos, as chances do Rio Branco-AC foram sumindo e o Maranhão ia ocupando bem os espaços fazendo com que os acreanos não chegassem a sua área. O domínio territorial da partida seguia sendo do Estrelão, mas a boa marcação do Quadricolor fazia com essa posse bola não fosse fértil.

No fim do primeiro tempo, o Rio Branco-AC sentiu a forte marcação do MAC e perdeu em pegada. Com isso, o Bode ia aumentando seu volume no jogo, mas com as boas chegadas deixou espaços em sua defesa. Tanto, que aos 45 do primeiro tempo, Sandro acertou um belo chute e abriu o placar para os acreanos, 1 a 0.

Veio o segundo tempo e o Rio Branco-AC se jogou ainda mais ao ataque. Precisando de um gol para levar a decisão para os pênaltis, o Estrelão começou o segundo tempo com a primeira etapa: muita pressão. Mas o pecado eram as finalizações, o goleiro Rodrigo Ramos fazia grandes defesas e ia se tornando o nome do jogo.

Com o passar o tempo, o Rio Branco-AC foi ficando nervoso, pois tinha domínio, chegava com oportunidades claras, mas não conseguia chegar ao segundo gol. A intranquilidade foi fazendo com que as escolhas de jogadas do time estrelado foi cada vez mais equivocadas. Aproveitando da situação, o MAC jogava com o regulamento e "cozinhava" o jogo.

Aos 30 minutos, o MAC matou o jogo. Gileard sofreu pênalti, Naôh cobrou, fez o gol e jogou uma balde de gelo do time acreano. A partir de então era questão de tempo a classificação do MAC, já que o Rio Branco teria 15 minutos para fazer três gols.

Não deu outra, o Maranhão matou o Rio Branco no cansaço. Fim de jogo, 1 a 1. Melhor para o MAC que venceu por 3 a 1 no placar agregado e segue na luta pelo tão sonhado acesso.


·   0

domingo, 16 de julho de 2017

SÉRIE C: DEU PAPÃO! COM GOL DE FELIPE DIAS, MOTO VENCE O SAMPAIO E SAI DA ZONA DE REBAIXAMENTO DA SÉRIE C

ESPORTE / CAMPEONATO BRASILEIRO SÉRIE C

Rubro-Negro sobe para a sexta colocação, Tricolor freia arrancada, mas segue no G-4 da Série C

Por: Globoesporte.com / São Luís, MA

 Com um gol de Felipe Dias no segundo tempo, o Moto venceu o Sampaio por 1 a 0 na tarde deste sábado. Além de permitir a saída do Rubro-Negro da zona de rebaixamento, também foi o primeiro triunfo do Papão no clássico em 2017.

Sampaio x Moto (Foto: João Ricardo)
Apesar da derrota, o Sampaio segue no G-4 da Série com 15 pontos, na segunda colocação, enquanto o Moto sobe para o sexto lugar, chegando aos 11 pontos. O Rubro-Negro volta a campo no próximo sábado para encarar o Salgueiro, no Castelão, enquanto o Sampaio encara o CSA, no Rei Pelé, no próximo domingo.

Primeiro tempo sem gols

O Sampaio começou o jogo melhor e criando mais oportunidades. Marlon apareceu na primeira chance, chegando a ultrapassar o goleiro Márcio Arantes, mas não venceu o lateral Lorran. Na sequência, Maracás cabeceou com perigo e a bola foi pela linha de fundo. Ainda com seis minutos, Marlon arriscou o chute colocado e acertou a trave do gol defendido por Márcio Arantes.

Após a pressão Tricolor, as chances de gols só voltaram quando o Moto teve chances na bola parada. Paquetá ainda tentou aproveitar um cruzamento de Tote, mas cabeceou direto pela linha de fundo.

Felipe Dias garante o triunfo Rubro-Negro

O segundo tempo até começou com o Sampaio tentando assustar, mas o Moto que saiu na frente. Felipe Dias aproveitou a cobrança de falta de Válber e desviou de cabeça para colocar o Rubro-Negro na frente.

Com a desvantagem no placar, o Sampaio tentava chegar ao empate principalmente com Isac, que perdia as chances criadas. Aos 33, o atacante ainda finalizou com perigo e Márcio Arantes fez grande defesa.


·   0